A estrela de “Teen Wolf”, Tyler Hoechlin, foi adicionada ao elenco de 50 Tons Mais Escuros, a Universal confirmou à EW. Confira abaixo a matéria traduzida.

Ele irá interpretar Boyce Fox, um colega de trabalho de Anastasia Steele. Ainda que Fox seja apenas brevemente mencionado nos livros de E. L. James, o seu papel como um escritor em ascensão que eventualmente assina com a editora de Christian Grey está sendo expandido para o filme.
Dakota Johnson e Jamie Dornan estão retornando para a sequência de 50 Tons de Cinza como Ana e Christian, mas o diretor James Foley (Sucesso a Qualquer Preço) está assumindo no lugar de Sam Taylor-Johnson. Foley também irá dirigir o terceiro filme, 50 Tons de Liberdade.

Hoechlin se junta a 50 Tons Mais Escuros ao lado de outros recém-chegados Kim Basinger, Bella Heathcote, Eric Johnson, Brant Daugherty e Arielle Kebbel.
Embora Hoechlin seja mais famoso por seus papéis na televisão em 7th Heaven e Teen Wolf, fãs também lembram que ele interpretou o filho de Tom Hanks em Estrada para Perdição. Jogador de beisebol na faculdade, Hoechlin volta aos campos nesse 1º de abril quando ele estrela como um jogador de beisebol na comédia esportiva de Richard Linklater, Everybody Wants Some.

50 Tons Mais Escuros estreia em 10 de fevereiro de 2017.

Tradução e Adaptação: Equipe THBR

Mais uma vez, Tyler Hoechlin foi convidado a participar do People Now, desta quinta-feira dia 11 de fevereiro de 2016, onde em um vídeo curto, respondeu sobre as suas “últimas coisas”.

 

Nessa terça-feira, 09/02/2016, Tyler Hoechlin participou do People Now, um canal de notícias da People, onde diariamente, os apresentadores conversaram sobre as novidades de cinema, música e com algumas celebridades. Ontem, Tyler foi convidado a participar e contou três coisas que não sabemos sobre ele.

Road to Perdition é um filme norte-americano de 2002 dirigido por Sam Mendes e escrito por David Self, O filme é estrelado por Tom Hanks, Paul Newman, Jude Law , Daniel Craig e Tyler Hoechlin.  A história se passa no ano de 1931, durante a Grande Depressão, seguindo um mafioso e seu filho enquanto buscam vingança pela morte do resto de sua família.

O vídeo abaixo é uma pequena amostra dos bastidores do filme e nele vemos como todos os atores e o diretor do filme ficaram impressionado com o talento de Tyler.

Confiram o vídeo legendado pela nossa equipe.

 

TRADUÇÃO & LEGENDA: Equipe THBR

Na noite de  19 de janeiro, Tyler Hoechlin participou do Blind Date Project, que é um espetáculo totalmente improvisado entre dois estranhos desesperados (interpretado por atores impressionantente loucos) em busca de conexão. A platéia da peça estava composta por fãs, amigos de Tyler, como JR Bourne, Sinqua Walls, Colton Haynes, Ian Bohen e Chalie Carver. Além dos amigos, a família dele tbm estava presente. Confiram abaixo, um relato de uma fã que estava na peça.

Hoje pude ir ao Blind date Project, que o Tyler Hoechlin participou. Foi um show de improviso muito engraçado com Bojana Novakovic como “Anna”, que vai para encontros às cegas com um convidado diferente a cada show. 

Pontos altos:

    •       Em sua primeira cena, Anna comenta que a camiseta de Hoechlin, que é roxa, combina com seus olhos, ele fica com uma expressão muito adorável e confusa, até que depois de um tempo Anna explica que sim, a cor de seus olhos é como um caleidoscópio, o verde acinzentado de seus olhos combina com o cinza do blazer que ele estava usando.
  •      “É como se sua blusa emoldurasse seu tórax”, Anna diz e Hoechlin, envergonhado, olha para baixo, para os botões de sua camisa. É uma camisa de gola henley. Só imaginem o Hoechlin usando uma henley, pois é. E a Anna diz: “Eles são reais?”, o rosto do Hoechlin muda de divertido para impressionado e ele está tipo: “Mas claro que sim!”
  •     O personagem do Hoechlin (Shawn) foi um treinar de beisebol na faculdade e jogava beisebol profissional antes de se machucar. Foi incrível ver Tyler falar com tanta paixão sobre beisebol, porque é algo que ele ama, então isso era um detalhe muito legal para o personagem.
  •        Hoechlin faz uma piada sobre pênis e fica com uma expressão fofa e desapontada quando a Anna não entende ela de primeira. Eles estavam jogando uma espécie de jogo de personagens quando Anna pediu para ele visualizar um monte de coisas e então as interpreta como parte de sua personalidade. Uma das coisas era uma mesa e a mesa do Hoechlin era pequena, então Anna disse que ele tinha um ego pequeno (Colton Haynes que estava na plateia ri alto e sarcasticamente). “Oh, é meu ego que é pequeno, isso é bom”, Tyler diz, olhando para seu colo. Alguns segundos passam até que Anna entendesse a piada e começasse a rir e a brincadeira sobre tamanhos de pênis continua.
  •     Hoechlin continua envergonhado (com as bochechas coradas), mas continua dentro do personagem mesmo quando a conversa fica mais atrevida.
  •       Parte do exercício de visualização envolvia a Anna perguntando sobre pornografia: a visão que Hoechlin estava descrevendo começava com um chalé na floresta. Então, Anna fala que está passando pornô na TV e pede para que ele visualize que tipo de pornô é. Hoechlin, que continua improvisando, fala rapidamente “Pornô de fantasia?”
  •      Nós voltamos a isso mais tarde quando quando Anna está interpretando e aparentemente é isso que o personagem de Tyler gosta de procurar no Google quando procura por pornografia.
  •      A conversa sobre pornografia continua por dez minutos gloriosos. Eu não lembro de tudo porque eu estava rindo muito. Teve uma parte que a Anna tenta fazê-lo explicar o que seria “Pornô de Fantasia”, e finalmente Hoechlin diz: “É só… Elfos fodendo, eu não sei!”
  •      Os personagens eram muito interessantes. Parabéns para os dois, Bojana e Hoechlin por criar histórias que desenvolveram seus papéis e um conflito interessante para essas duas pessoas que se encontraram pelo Tinder. Lidando com aventuras como mudanças bruscas em forma de um telefonema com novas informações para o enredo e um karaokê jogado no meio.
  •       Hoechlin canta ‘Wonderwall’ com muito, muito entusiasmo. Alega que tem uma voz terrível para canto, o que não é verdade, sua voz é grave, gutural e sincera.
  •        Teve um momento em que Anna estava bem bêbada e chateada que o encontro estava indo mal, na verdade estava indo bem. Ela estava chorando no ombro do Hoechlin, com medo de ter sido terrível e o Tyler fala suavemente, “Ei, ei, volte”, no tom mais gentil possível. Ele toca o queixo dela e guia seu rosto para um beijo lento e doce.
  •          Desculpa, tem mais alguma coisa acontecendo? Beijos estão acontecendo.
  •         Os personagens superam suas diferenças e tem outro beijo quando os dois levantam e ele está segurando seu rosto. É tudo muito suave e amável.
  •           Mais beijos acontecem.
  •          JR Bourne, Sinqua Walls, Colton Haynes, Ian Bohen e Charlie Carver estão lá. Também estão os irmãos de Tyler, seus pais, sua família e suas cunhadas. Todos têm sua própria seção na plateia onde eles estão aplaudindo e gritando. JR é o mais barulhento.
  •           Quando o Hoechlin foi cantar no karaokê, Colton estava tipo, “YEAH, SHAWN!”
  •        Tem mais uma cena de karaokê em que eles cantam a música final de Grease juntos. Hoechlin faz essa coisa com o braço e mão no estilo John Travolta enquanto ele canta “I’ve got chills, they’re multiplying…”
  •          Provavelmente eu vou ver mais desses shows porque Bojana foi incrível, assim como o Hoechlin. Foi ótimo ver ele explorando coisas novas com sua atuação, e ficou claro que ele se divertiu e ficou muito feliz em ver sua família e amigos apoiando ele.

Confira toda a peça legendada pela nossa equipe.

 

Fontes: 

Relato: Blee0Bleep

Vídeo: Amanda Maki

Tradução e Adaptação: Equipe THBR

 

Nos dias 26 e 27 de setembro de 2015, aconteceu a Werewolf Con na Bélgica. Foram dois dias de painel com a presença dos atores Tyler Hoechlin, Ian Bohen, Daniel Sharman, Crystal Reed, Ryan Kelley e Holland Roden e eles conversaram com os fãs sobre diversas coisas.

Confiram os vídeos legendados abaixo!

TRADUÇÃO & LEGENDA: Equipe THBR