Road to Perdition é um filme norte-americano de 2002 dirigido por Sam Mendes e escrito por David Self, O filme é estrelado por Tom Hanks, Paul Newman, Jude Law , Daniel Craig e Tyler Hoechlin.  A história se passa no ano de 1931, durante a Grande Depressão, seguindo um mafioso e seu filho enquanto buscam vingança pela morte do resto de sua família.

O vídeo abaixo é uma pequena amostra dos bastidores do filme e nele vemos como todos os atores e o diretor do filme ficaram impressionado com o talento de Tyler.

Confiram o vídeo legendado pela nossa equipe.

 

TRADUÇÃO & LEGENDA: Equipe THBR

Na noite de  19 de janeiro, Tyler Hoechlin participou do Blind Date Project, que é um espetáculo totalmente improvisado entre dois estranhos desesperados (interpretado por atores impressionantente loucos) em busca de conexão. A platéia da peça estava composta por fãs, amigos de Tyler, como JR Bourne, Sinqua Walls, Colton Haynes, Ian Bohen e Chalie Carver. Além dos amigos, a família dele tbm estava presente. Confiram abaixo, um relato de uma fã que estava na peça.

Hoje pude ir ao Blind date Project, que o Tyler Hoechlin participou. Foi um show de improviso muito engraçado com Bojana Novakovic como “Anna”, que vai para encontros às cegas com um convidado diferente a cada show. 

Pontos altos:

    •       Em sua primeira cena, Anna comenta que a camiseta de Hoechlin, que é roxa, combina com seus olhos, ele fica com uma expressão muito adorável e confusa, até que depois de um tempo Anna explica que sim, a cor de seus olhos é como um caleidoscópio, o verde acinzentado de seus olhos combina com o cinza do blazer que ele estava usando.
  •      “É como se sua blusa emoldurasse seu tórax”, Anna diz e Hoechlin, envergonhado, olha para baixo, para os botões de sua camisa. É uma camisa de gola henley. Só imaginem o Hoechlin usando uma henley, pois é. E a Anna diz: “Eles são reais?”, o rosto do Hoechlin muda de divertido para impressionado e ele está tipo: “Mas claro que sim!”
  •     O personagem do Hoechlin (Shawn) foi um treinar de beisebol na faculdade e jogava beisebol profissional antes de se machucar. Foi incrível ver Tyler falar com tanta paixão sobre beisebol, porque é algo que ele ama, então isso era um detalhe muito legal para o personagem.
  •        Hoechlin faz uma piada sobre pênis e fica com uma expressão fofa e desapontada quando a Anna não entende ela de primeira. Eles estavam jogando uma espécie de jogo de personagens quando Anna pediu para ele visualizar um monte de coisas e então as interpreta como parte de sua personalidade. Uma das coisas era uma mesa e a mesa do Hoechlin era pequena, então Anna disse que ele tinha um ego pequeno (Colton Haynes que estava na plateia ri alto e sarcasticamente). “Oh, é meu ego que é pequeno, isso é bom”, Tyler diz, olhando para seu colo. Alguns segundos passam até que Anna entendesse a piada e começasse a rir e a brincadeira sobre tamanhos de pênis continua.
  •     Hoechlin continua envergonhado (com as bochechas coradas), mas continua dentro do personagem mesmo quando a conversa fica mais atrevida.
  •       Parte do exercício de visualização envolvia a Anna perguntando sobre pornografia: a visão que Hoechlin estava descrevendo começava com um chalé na floresta. Então, Anna fala que está passando pornô na TV e pede para que ele visualize que tipo de pornô é. Hoechlin, que continua improvisando, fala rapidamente “Pornô de fantasia?”
  •      Nós voltamos a isso mais tarde quando quando Anna está interpretando e aparentemente é isso que o personagem de Tyler gosta de procurar no Google quando procura por pornografia.
  •      A conversa sobre pornografia continua por dez minutos gloriosos. Eu não lembro de tudo porque eu estava rindo muito. Teve uma parte que a Anna tenta fazê-lo explicar o que seria “Pornô de Fantasia”, e finalmente Hoechlin diz: “É só… Elfos fodendo, eu não sei!”
  •      Os personagens eram muito interessantes. Parabéns para os dois, Bojana e Hoechlin por criar histórias que desenvolveram seus papéis e um conflito interessante para essas duas pessoas que se encontraram pelo Tinder. Lidando com aventuras como mudanças bruscas em forma de um telefonema com novas informações para o enredo e um karaokê jogado no meio.
  •       Hoechlin canta ‘Wonderwall’ com muito, muito entusiasmo. Alega que tem uma voz terrível para canto, o que não é verdade, sua voz é grave, gutural e sincera.
  •        Teve um momento em que Anna estava bem bêbada e chateada que o encontro estava indo mal, na verdade estava indo bem. Ela estava chorando no ombro do Hoechlin, com medo de ter sido terrível e o Tyler fala suavemente, “Ei, ei, volte”, no tom mais gentil possível. Ele toca o queixo dela e guia seu rosto para um beijo lento e doce.
  •          Desculpa, tem mais alguma coisa acontecendo? Beijos estão acontecendo.
  •         Os personagens superam suas diferenças e tem outro beijo quando os dois levantam e ele está segurando seu rosto. É tudo muito suave e amável.
  •           Mais beijos acontecem.
  •          JR Bourne, Sinqua Walls, Colton Haynes, Ian Bohen e Charlie Carver estão lá. Também estão os irmãos de Tyler, seus pais, sua família e suas cunhadas. Todos têm sua própria seção na plateia onde eles estão aplaudindo e gritando. JR é o mais barulhento.
  •           Quando o Hoechlin foi cantar no karaokê, Colton estava tipo, “YEAH, SHAWN!”
  •        Tem mais uma cena de karaokê em que eles cantam a música final de Grease juntos. Hoechlin faz essa coisa com o braço e mão no estilo John Travolta enquanto ele canta “I’ve got chills, they’re multiplying…”
  •          Provavelmente eu vou ver mais desses shows porque Bojana foi incrível, assim como o Hoechlin. Foi ótimo ver ele explorando coisas novas com sua atuação, e ficou claro que ele se divertiu e ficou muito feliz em ver sua família e amigos apoiando ele.

Confira toda a peça legendada pela nossa equipe.

 

Fontes: 

Relato: Blee0Bleep

Vídeo: Amanda Maki

Tradução e Adaptação: Equipe THBR

 

Nos dias 26 e 27 de setembro de 2015, aconteceu a Werewolf Con na Bélgica. Foram dois dias de painel com a presença dos atores Tyler Hoechlin, Ian Bohen, Daniel Sharman, Crystal Reed, Ryan Kelley e Holland Roden e eles conversaram com os fãs sobre diversas coisas.

Confiram os vídeos legendados abaixo!

TRADUÇÃO & LEGENDA: Equipe THBR

Tyler Hoechlin na Emerald City Comic Con

Postado por Débora em 29/03

Aconteceu em Seattle a Emerald City Comic Con reunindo diversos artistas e fãs dos quadrinhos e da TV. Tyler Hoechlin esteve lá nos dias 27 e 28, teve seu painel de perguntas e respostas e tirou fotos com fãs. 

– O que Tyler mais gosta sobre a época que morou com Dylan O’Brien e Tyler Posey é que ele viajava e os meninos ficavam jogando videogame, comiam toda sua comida, e quando ele chegava em casa, eles nem sequer falavam “Oi”. Eles só ficavam com uma cara de culpa tipo “Desculpe, comemos sua comida. Prometemos que vamos repor!”

– Pergunta: Sterek ou Stydia? “Stiles e Lydia. Tem que ser. Isso está para acontecer há muito tempo.

– Tyler fingindo citar uma parte do roteiro de Teen Wolf quando questionado se ele já se sentiu materializado: “Derek tira a camisa e coloca o macarrão no microondas. Porque esse é um jeito normal de comer macarrão.

– Jeff fez o elenco assistir o filme original de Teen Wolf antes da primeira SDCC.

– Ele sente mais liberdade quando está caracterizado de lobisomem, porque não se parece com “ele”

– Alguém colocou um corpo morto falso no trailer de outra pessoa para assustá-la. Jill Wagner pode ter algo a ver com isso (VÍDEO).

– Ele confessa que gostaria de trazer Colton/Jackson de volta, pois o acha um ótimo antagonista (VÍDEO).

– Muita coisa acontece na sala dos escritores. É difícil fazer contentar a todos, como a morte de Allison.

– “Amaria ver a relação de Derek com Chris Argent sendo explorada. Eles se parecem muito.”

– Quando Teen Wolf começou, a MTV fez Tyler criar um Twitter. Ele disse que seu celular explodiu [de notificações]!

– Seu momento favorito na série foi na última noite da primeira temporada, quando todos se reuniram depois e ficaram batendo papo, matando o tempo. (VÍDEO).

– Hoechlin gostaria de poder confirmar se ele aparecerá em Teen Wolf ou não, mas ele ainda não sabe.

– Ele aprendeu muito atuando com Ian e JR.

– “O pai de Derek foi uma importante parte da sua vida, então acho que ele escutaria às músicas que seu pai amava.”

– Hoechlin ama ir à SDCC com o elenco.

– Na primeira temporada, Derek era um predador de emboscada. Ele gosta muito do desenvolvimento de seu personagem.

– “Derek tem vinte-dezenove-quatro… ele não tem idade!

– “Ir em convenções parece acampamentos de verão ou uma reunião. É incrível.

– Hoechlin gostaria de que Derek lesse “Como conquistar amigos e pessoas influentes”.

– O bordão de Derek antes de qualquer luta seria “De novo não”.

– Ele fez duas audições antes de entrar em Teen Wolf, pois Jeff achou que a primeira não foi tão boa (VÍDEO).

– Jeff e Tyler viam Derek como uma cobra calma que ataca repentinamente.

– Seu personagem dos sonhos seria o filho bastardo de Jack Sparrow (VÍDEO).

– Ele estava bastante animado quando conheceu Jessica Biel.

– Tyler diz que amadureceu com o projeto de Linklater, seu filme “That’s What I’m Talking About”.

– Ele diz que sair da série é a principio para em busca de filmes.

– “Basebol e atuação, ambos ensinam a ser persistente. Um fracasso não é verdadeiramente um fracasso se você não persistir.

– “A melhor coisa que você pode fazer é sempre dar tudo de si.

Tradução: Teen Wolf Brasil 

Tyler Hoechlin na Wizard World Comic Con

Postado por Débora em 15/03

Nos dias 13 à 15 de Março aconteceu em Raleigh, no estado da Carolina do Norte, a Wizard World Comic Con, evento dedicado à cultura pop. E Tyler Hoechlin esteve lá.

O ator participou do evento no sábado (14) e domingo (15) para dar autógrafos e tirar fotos com os fãs, além de responder perguntas em um painel.

– Ele tem falou sobre os dois novos filmes que estão para sair. Ele está muito animado em relação a eles, e ambos são sobre baseball: “Undrafted” e “That’s What I’m Talking About,” ainda sem títulos oficiais em português.

– Ao pedirem para dar um conselho para os outros personagens principais, Tyler disse: para Scott, “Você não vai sentir tanta falta dele assim. Continuem apoiando um ao outro. Continue leal.” Para Stiles, “Eu ainda não gosto de você, mas nós estamos melhor agora.” Para Lydia, “Grite um pouco menos.

– Se ele pudesse trazer um personagem de volta, seria Allison.

– Ele amou a relação entre Derek e Chris Argent na 4ª Temporada.

– Ele gosta do fato de que a morte da Allison foi capaz de aproximar Derek e Chris Argent.

– Ele acredita que Derek gostaria de trazer Jackson de volta, para adicionar um pouco mais de humor à série.

– Segundo ele, “encontrar seu lobo significa encontrar seu eu verdadeiro.

– Hoechlin sente orgulho de Derek, de ter encontrado seu lobo e seu objetivo.

– A evolução de Derek foi ele encontrando exatamente quem ele deve ser, e foi isso que causou a transformação. “Derek encontrou seu propósito sem forçá-lo, como quando ele era o Alfa.

– Sobre as relações no set, Hoechlin disse que Posey e Dylan são a mais fofa de todas.

– Ele se diverte muito com todo o elenco e todos são como uma família. Ele os encontra fora do set também.

– Quando perguntado sobre seu momento de Bastidores preferido, ele respondeu: “Assustar Dylan com Posey na Primeira Temporada.

– O momento mais doloroso para ele no set foi quando Dylan o atingiu de verdade na cena do elevador, e acabou fazendo seu nariz sangrar.

– Quando perguntado sobre qual a coisa mais legal de Teen Wolf, ele comentou sobre como Posey e Dylan são próximos, tanto na frente das câmeras quanto fora de cena.

– Ele disse que não pode dar muitos detalhes sobre a Quinta Temporada, mas afirma que ele e Jeff se reuniram para falar sobre Derek e foi ótimo.

– Como não haviam comunicado a Hoechlin que tornariam público o fato de Derek não ser mais um personagem regular, ele, ainda tentando manter o segredo, disse: “Não posso dizer que ele vai voltar, não posso dizer que ele não vai voltar.

– Seu trabalho dos sonhos seria um papel que o permitisse se arriscar.

– Segundo Hoechlin, “Derek odeia voar. Ele não vai para a Europa.

– O ator falou sobre o quanto ele odeia tubarões. Ele quer uma prancha de surf que se propulsione sozinha.

– A respeito de fazer teste de audição, ele comenta: “Se eles não gostam [do meu trabalho], eu não me importo.

– Se ele pudesse trabalhar além de como ator ou jogador de baseball, ele teria uma carreira em construção.

– Se Derek fosse da Casa Stark [de Game Of Thrones], Hoechlin primeiramente disse que seu lobo gigante seria uma fêmea chamada Haley, por ser parecido com o nome Hale. Depois, acrescentou que gostaria de ter uma fêmea e um macho, chamado Stark, porque um Stark tem que sobreviver.

– Hoechlin falou sobre Colton [Haynes] dando dicas de moda, e disse que está melhorando nisso então não precisa tanto. Ele também fez uma engraçada imitação de Colton julgando-o pelo olhar, por usar calça de moletom em público.

– Para o ator, seus personagens preferidos que ele interpretou são Derek e um em seus novos filmes. O menos favorito é o que ele interpretou em “Grizzly Rage.” (Fúria Sangrenta)

– Tyler anuncia: “Eu amaria participar de um filme da Marvel.

– O super-herói que Hoechlin gostaria de interpretar é o Batman.

– Para ele, o ator Robert Downey Jr. revolucionou o personagem do Homem de Ferro, e o tornou o humano mais acreditável nas histórias de super-heróis. Hoechlin o acha impressionante.

– Perguntaram a ele quais seriam os personagens que ele levaria para uma ilha deserta. Hoechlin demonstrou sua dedicação a séries de TV e respondeu com uma pequena lista: Khaleesi, a Daenerys Targaryen, de Game Of Thrones; Frank Underwood, de House Of Cards; Daryl Dixon, de The Walking Dead; Chandler Bing, de Friends; Buffy e Xena, as protagonistas de, no Brasil, Buffy: A Caça-Vampiros eXena: A Princesa Guerreira, respectivamente.

– Ainda no mesmo tema, perguntaram quais habilidades de cada personagem [de Teen Wolf] seriam as mais úteis em um apocalipse zumbi. A resposta: “A determinação de Stiles, para resolver um problema e pensar fora dos limites. A lealdade de Scott. E Peter poderia vencer o apocalipse com comentários sarcásticos e atrevidos.

– O ator gostaria de reviver as filmagens de “Road To Perdition” (“Estrada Para Perdição,” no Brasil), por ter sido uma experiência incrível na qual aprendeu bastante e pode trabalhar ao lado de Tom Hanks.

– Ele adoraria fazer um filme de sua vida.

– Perguntaram a Hoechlin qual filme de baseball é o melhor, “Bull Durham” (“Sorte no Amor”) ou “Field Of Dreams” (“Campo dos Sonhos”). Os fãs presentes disseram que pela expressão dele, sempre muito ligado a baseball, parecia que haviam perguntado para um pai escolher seu filho preferido.

– Sua posição favorita jogando baseball é entre a segunda e terceira base, e seu time favorito é o Oakland Athletics, da Califórnia.

– Informaram a ele que o Saints, time de futebol americano de New Orleans para o qual ele torce, concordou em trocar o jogador de ataque Jimmy Graham, destaque da equipe, para o Seahawks, rival de Seattle. O ator simplesmente sentou no chão fazendo careta, demonstrando sua raiva.

– Perguntaram qual time ele gostaria de ver vencendo a liga universitária americana de basquete. Ele respondeu que torcerá para o time da North Carolina University em homenagem a Stuart Scott, jornalista esportivo famoso no país formado na mesma faculdade, que faleceu em Janeiro deste ano após a batalha contra o câncer.

– A respeito de manter sua boa forma, Hoechlin afirma que se manter atento à parte nutricional é bem mais importante do que apenas malhar. E foi isso que arruinou a vida dele, que ama pizza, massa e pão, e teve que abrir mão de tudo isso.

TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO: Equipe THBR