Todo o elenco de Supergirl subiu ao palco na San Diego Comic-Con neste sábado (23/07), incluindo o seu mais novo membro do elenco, Tyler Hoechlin. O ator vai se juntar a tripulação em National City como o primo de Kara, Clark Kent, também conhecido como Superman.

Na primeira temporada a série é sobre Kara. Por isso, era confuso ter Superman lá”, diz a produtora executiva Sarah Schechter. “Mas agora vocês a conhecem e quem ela é, e esta série é sobre a família e se tornar um adulto. E agora temos Clark para representar a família.

A relação de amizade entre James Olson (Mehcad Brooks) e Kara (Melissa Benoist) vai ser complicada, já que Kara tenta descobrir exatamente quem ela é.

Vai ter seus altos e baixos“, diz Brooks. “Ela ainda está tentando descobrir quem ela como uma mulher e eu estou fazendo o mesmo. Então, vamos ver.

Nós também veremos o que o primo Clark pensa desse relacionamento como Brooks confirma que ele e seu companheiro de Metropolis terão um “bro time”.

Tradução e Adaptação: Equipe THBR.

Fonte: Zap2It.

As coisas estão realmente aquecendo para a segunda temporada de Supergirl… E queremos dizer isso, de muitas formas.

Para começar, o tão sonhado beijo que encerra a temporada entre Kara (Melissa Benoist) e James (Mehcad Brooks). E, claro, há a chegada igualmente sonhadora de Superman, que será interpretado pela estrela de Teen Wolf, Tyler Hoechlin. Ambos foram assuntos quentes quando o elenco – incluindo Hoechlin – foi parado pelo estúdio do Entertainment Weekly na San Diego Comic-Con.

Este é realmente o primeiro dia de trabalho para mim”, admitiu Hoechlin, dizendo que ele ainda não sabe realmente se a série vai ser assim. Quando perguntado quanto tempo devemos esperar para vê-lo em National City, jogou tímido: “Essa pergunta eu não vou tocar.

Supergirl volta dia 10 de outubro no canal CW.

galeriaa

001~75.jpg 001~75.jpg 002~66.jpg 003~60.jpg

004~47.jpg 005~47.jpg 008~35.jpg 007~38.jpg

Tradução e Adaptação: Equipe THBR.

Fonte: Entertainment Weekly.

Os fãs de Supergirl ficaram decepcionados ontem já que eles não puderam ver Tyler Hoechlin, ator de Teen Wolf e Everybody Wants Some!!, no traje icônico de Superman (ou a versão do universo Supergirl, de qualquer maneira foi por um bom motivo: Tyler ainda não viu o traje por si mesmo).

A série ainda não está em produção, e isso significava sem trailer e sem previa de Hoechlin com o uniforme de Superman, o ator junto com o cast na Comic Con International: San Diego, e falou com os membros da imprensa de antemão sobre o trabalho.

Ele conheceu Brandon Routh, a estrela de Super-Homem: O Retorno de 2006 e agora o Atom em Legends of Tomorrow da DC. E todo mundo que conversamos do universo CW/DC quer conhecê-lo.

Nós tivemos um breve momento ontem com Hoechlin na fila de imprensa de Supergirl, mas tentamos e conseguimos alguns detalhes do uniforme dele, e depois falei com ele sobre algo que ele acha que faz Supergirl especial e importante.

  • Confira abaixo, uma pequena entrevista:

Nós já vimos você de calção de banho vermelho em Everybody Wants Some!!. O que você acha sobre fazer isso de novo?

Sim, sim, sim. Eu tenho uma vantagem inicial sobre isso. Um pouco menos de pele desta vez, eu acho.

Supergirl é uma versão tão brilhante, ensolarada da mitologia em comparação com o que está acontecendo nos filmes. Isso muda como você vê o personagem? Obviamente você não pode apenas olhar para Henry e dizer, “Esse é o rotulo!”

Sim. Eu não acho que você queira fazer isso de qualquer maneira, copiar ou imitar alguém. Há coisas que você pega de diferentes formas a partir de filmes de todos os lugares, eu acho que você se aproxima de um personagem, mas este é um tom diferente, com certeza.

O pensamento me bateu outro dia: com tudo acontecendo no mundo agora, é tão fantástico que temos uma série como esta que vai para ele a partir de um ponto de vista otimista e esperançoso. É muito divertido, e Melissa é a melhor. Eu a conheci através Blake [Jenner] de Everybody Wants Some!! e ela é tão fantástica na série. Mal posso esperar para começar a trabalhar.

Tradução e Adaptação: Equipe THBR.

Fonte: Comic Book.

Duas séries de sucesso? SIM! Teen Wolf foi um dos melhores papéis interpretado pelo ator Tyler Hoechlin, e quem ai está ansioso pela vinda do grande e majestoso Super-herói da DC, o Superman?

Tyler Hoechlin encantou o público na convenção Supanova de Sydney revelando alguns segredos do Superman e se aprofundando em Derek Hale.

Fãs no Supanova em Sydney, Austrália foram algumas das primeiras pessoas no mundo a chegar a interrogar o ex-Teen Wolf, Tyler Hoechlin sobre o que significa ser a mais recente encarnação do Homem de Aço. As notícias de que Hoechlin havia feito a audição, estourou horas antes do Painel na convenção de fãs, junto à estrela de Crepúsculo e Supergirl, Peter Facinelli, originalmente anunciado como um debate Lobisomem VS Vampiro.

Durante o painel solo do ator de Perguntas e Respostas, Hoechlin entrou em mais detalhes sobre o seu processo e o que ele está mais animado para descobrir sobre o personagem de Superman.

Esta foi a minha audição favorita de sempre – eu não fiz teste”, revelou para a multidão. “É a coisa mais legal que eu já experimentei. Eu tive uma reunião com os produtores, nós meio que falamos sobre o personagem, eu dei a minha opinião sobre o que eu achava interessante sobre ele e eles meio que me deram uma ideia do que eles viam acontecendo nos episódios, então eu acho que nós tivemos uma grande conexão no que eu via, que o personagem poderia se encaixar no que eles estavam fazendo e isso foi em uma segunda-feira e na sexta-feira eles me ligaram perguntando se eu poderia fazer”.

Não espere o Superman de Supergirl ser uma cópia dos que vieram antes – Hoechlin afirma que ele não será baseando sobre a interpretação dos atores do passado.

Eu não acho que eu vou tentar tirar alguma inspiração dos anteriores. Para mim é mais sobre como encontrar quem ele é nesta história que estamos contando, e pegando a partir da tradição do Superman como um todo, então eu realmente quero ser capaz de me aproximar dos quadrinhos e coisas que eu não tinha visto e realmente pegar de coisas assim, e depois dentro da história que estamos contando, ver melhor como serve essa história. “
Hoechlin também já está fazendo tudo por conta própria, sobre seu personagem, sempre um ator profundamente investido: “Há coisas sobre Superman que eu acho muito interessante, e se é ou não é realmente verdade, é apenas minha opinião subjetiva sobre ele, sobre as coisas que eu acho que ele tem de lidar com e pensar sobre o tempo todo, então eu acho que vai ser a diversão em descobrir como queremos retratá-lo neste momento. Então, espero que vocês não o odeiem.” Tenho certeza que não vamos amigão.

Outro fã queria saber quais são as qualidades que Hoechlin vai trazer para o papel, a fim de defender os valores de esperança, otimismo e inspiração que vem com parte da parcela com Superman. É claramente algo que o ator tem pensado muito, mas, em última análise, ele está mais interessado na humanidade do personagem.

Ele é um personagem tão icônico. Superman está para essas coisas – há coisas muito específicas que ele representa – de modo que exercem essa tradição é definitivamente algo que eu planejo fazer. Acho que a parte mais interessante será encontrar quem o Clark Kent é, e especialmente com o tom da série, e como Kara é, eu estou realmente interessado em ver como eles se relacionam quando não estão salvando alguém ou fazendo algo incrível.

Estamos começando a ficar realmente curiosos sobre como o Clark de Hoechlin vai ser, especialmente quando ele acrescenta luz em coisas que nem sempre foram faladas sobre o Superman. Por favor, ah por favor, faça ele com cuidado – um obscuro Superman é mais do que suficiente, graças Zack Snyder (Batman VS Superman).

Ao todo, os espíritos de Hoechlin são altíssimos. Ele está animado para começar a trabalhar com sua prima na tela, Melissa Benoist, (“Eu trabalhei com o seu marido, Blake Jenner em EWS!! e assim, conheço a Melissa um pouco. Acho que ela é uma atriz fantástica, ela está fazendo um grande trabalho na série, eu a amei em Whiplash: Em Busca da Perfeição, que é um dos meus filmes favoritos … “) e, naturalmente, ele está ansioso para vestir o traje. (“Eu não costumo usar calças coladas muito frequentemente de modo que vai ser uma experiência nova para mim […] Você não consegue usar uma capa muitas vezes!”) Nenhuma palavra ainda se o Super-Hoech vai mostrar algumas cuecas vermelhas sobre as calças.

Supergirl já recebeu uma tonelada de histórias de bandidos nas HQs até agora, mas se Hoechlin pudesse escolher qualquer vilão DC para o Superman ir contra, ele iria roubar o Charada do Batman – “Um pequeno crossover. Eu sinto que seria divertido ver – porque ele é uma pessoa tão forte fisicamente – que seria bem legal vê-lo lutar uma batalha intelectual com alguém assim, que iria fazer alguns quebra-cabeças para ele desvendar, seria um desafio diferente do que ele normalmente enfrenta.” Nós realmente amamos a idéia do Superman em uma batalha de inteligência, ganhando os créditos de nerd por usar aqueles óculos falsos. Ele também adoraria interpretar um cara que seja realmente mal no futuro, porque, como ele explica, “Quando você interpreta um cara mal, como a pessoa vai interpretar, você não está interpretando um cara mau, você está interpretando um bom rapaz que outras pessoas pensam que seja ruim.

A maioria dos fãs de Hoechlin o conhecem pelo mal-humorado e amável Derek Hale, e dado o fato de que seu casting em Supergirl só foi anunciado no dia anterior, a maioria do público veio preparado com perguntas sobre seu tempo em Teen Wolf. Além de relembrar pequenas coisas divertidas -a parte mais difícil do Derek é que ele estava tão sério o tempo todo, as suas frases favoritas do Derek eram seus silenciosos “O que está errado com você” com olhares de morte, sua cena favorita da série foi quando ele estava possuído e ameaçando o Argent com um isqueiro, ele não fez uma imitação do Stiles porquê da última vez que que ele tentou,ele rasgou um músculo do ombro – ele falou sobre sua saída da série após 4 ª temporada, e se ele alguma vez voltar, e onde o Derek ira caber na 5º temporada, se ele se encaixaria.

Um fã foi franco perguntando “No futuro, você vai voltar para Teen Wolf?” (“Por favor, diga sim”, alguém gritou.) A resposta de Hoechlin? “Oh Deus. Sinto muito, eu gostaria de fazer a alegria de todos e ser feliz agora. Eu não tenho quaisquer planos para agora. Eu meio que sinto que onde deixamos o personagem, pelo menos, quando eu sabia que ia ser dessa forma, eu meio que embrulhei um bastão de passagem e passei para o Scott, é apenas como eu me sentia como essa história terminou. Eu não sei de que maneira ele iria voltar a este mundo, exatamente.” No entanto, ele suavizou por não admitir um não, apenas de não ter planos agora. Parece que não vamos ver Derek na 6º Temporada, mas se a 6º temporada não for a última? “Nunca se sabe sobre a TV […] Desculpem-me pela resposta honesta.

Se Derek estivesse na 5 ª temporada, aqui está como o Hoechlin acha que ele teria lidado com isso. Considerando-se claramente uma piada, ele teorizou assim: “Eu vou lhes dar uma resposta honesta. Eu imagino que ele teria deixado Scott assumir a liderança nesse momento, porque eu sinto que era uma espécie de posição que ele estava se colocando. Eu sinto que o Derek estava ficando mais como um seguidor -não é a palavra certa-, mas ele estava meio que saindo desse papel de líder, sabendo que seu propósito era melhor servido por servindo, em vez de tentar tomar o controle de tudo “.

Eu imagino que ele teria feito isso e, em seguida, de alguma forma – sinceramente, não estou por dentro, então eu não sei como eles [os personagens] lidaram com isso, mas eu não ouvi bem – então eu estou supondo que ele teria encorajado o Scott a tomar conselhos de outras pessoas, porque naquele ponto que é provavelmente a lição que ele aprendeu a mais – nem sempre tentar fazer as coisas você mesmo, e ouvir outras pessoas, tentar chegar a algo junto. Uma equipe funciona melhor do que um indivíduo.” Bem, isso é definitivamente a lição que o grupo acabou aprendendo até o final da temporada, mas nós ainda desejamos que o novo zen Derek tivesse ficado perto do Scott, como seu guru. ”

Em resposta à pergunta da Hypable sobre sua recente crítica aparente no que diz respeito sobre não aprender sobre seu personagem, que foi feito em Teen Wolf, Hoechlin escolheu esclarecer seus comentários, dando um belo resumo do que ele amou sobre interpretar o Derek.

Na verdade, eu realmente gostei de todos os arcos. Eu pensei que a cada temporada, eles me deram algo realmente de grande e novo para interpretar, então isso definitivamente nunca foi um problema que eu tive. Eu adorava que na 1ª temporada ele estava obviamente tão puramente impulsionado por uma coisa, a 2 ª temporada foi uma mudança completamente súbita em todo os tipos, de um cara excessivamente confiante, que teve uma queda drástica da graça. 3º Temporada ele estava lutando para recuperar alguma antiga identidade de lealdade e de dever e, em seguida, 4, para mim, era apenas uma espécie de como, finalmente, alguém encontra o seu propósito de tornar-se confortável com isso, então eu sempre pensei que eles me deram coisas divertidas para interpretar em cada temporada, eu realmente aproveitei.

Nós também pedimos uma desconstrução de Everybody Wants Some!!, filme dirigido por Richard Linklater que Hoechlin jogou beisebol na faculdade, co-estrelou. Na cena em questão, o personagem de Hoechlin, Glen McReynolds, o mais talentoso do time, está aproveitando em casa, ganhando apostas de que não poderia rebater uma bola com um machado.

Duas vezes seguidas, ele balança o machado em uma bola arremessada e a fatia. Queríamos saber como isso foi feito – CGI, uma bola de pré-corte? Para nossa surpresa, ele não iria revelar o segredo! “Eu sempre digo que eu balançava um machado, eu bati uma bola e ela repartiu em dois pedaços, e no entanto você quer colocar isso junto, que é puramente a sua imaginação, eu não vou destruir quaisquer ilusões, não vou dizer qualquer coisa falsa, então, o que você quer fazer para conectar esses pontos. “Quem diria que a magia do cinema se estendeu até agora?

Hoechlin falou um pouco mais sobre sua paixão pelo beisebol – que está estrelando em dois filmes de beisebol, EverybodyWants Some !! e Undrafted ao lado de Chace Crawford e Aaron Tveit, que seu trailer saiu recentemente. Ele falou sobre suas posições favoritas para jogar (Interbases, e segunda ou terceira base – ele muito baixo para a primeira) e baseando em seu lançador em Undrafted, ele adoraria fazer mais no futuro, mas citou Kevin Costner, que também fez um monte de filmes de beisebol, ao descrever como esses filmes podem ter basebol neles, mas não é realmente sobre o que realmente é.

Apontado como o vencedor do Oscar, Linklatere e sua sequência espiritual de Jovens Loucos e Rebeldes, Everybody Wants Some!!, ele explica,” é realmente um filme sobre camaradagem e como é fazer parte de uma equipe, crescendo e a primeira experiência de liberdade.” O esporte em si é irrelevante – poderia ter sido futebol, qualquer que seja, mas o fato de que é beisebol? “Isso é uma coisa divertida para eu ser capaz de fazer.” No entanto, mudando do assunto de beisebol, uma coisa que ele não estava autorizado a falar, era sobre o seu próximo papel em 50 Tons Mais Escuros. 

Voltando ao seus dois papéis mais notáveis, perguntaram ao Hoechlin quem ganharia em uma luta entre eles? “Você sabe, se você já viu Teen Wolf, eu vou dar a vantagem ao Superman”, brincou, fazendo referência a incapacidade notória de Derek Hale vencer alguma luta. “É uma estreita lacuna, mas eu provavelmente vou ter que ir com Superman nessa,” depois, “Você acha que eu vou matar Superman por ser ele?” Quando um fã perguntou se ele estava animado para não morrer o tempo todo. “Vai ser bom para se manter vivo, vai ser bom para sair por cima, eu espero.”

O restante do painel foi composto pelas habituais perguntas aleatórias dos fãs – “Calabresa, cebola, frango, abacate”, fazem a sua pizza favorita; sua improvisação no projeto Blind Date foi a primeira performance ao vivo que ele já fez; a coisa mais assustadora que um fã já fez é dar-lhe um beijo molhado no pescoço durante um abraço: “Namorada, sensação normal. Estranha? Nem tanto.” Ele também não vai contar a ninguém que músicas ele faria em uma batalha de LipSync porque ele tem planejado caso ele tenha uma chance de participar e não quer que ninguém roube a sua idéia (“apenas no caso de isso acontecer, eu estou pronto para ir.”)

No entanto, o clima ficou sério quando um jovem fã perguntou se Hoechlin sabia como seu colega de trabalho em Teen Wolf, Dylan O’Brien, estava. O’Brien foi gravemente ferido no início deste ano durante as filmagens do terceiro filme da franquia Maze Runner, e tem havido poucas notícias sobre sua condição, além do fato de que a produção do filme foi colocada em espera e tem recebido recentemente uma nova data de lançamento – um ano mais tarde do que o inicialmente previsto.

Dylan está bem. Dylan está bem “, assegurou. “Obrigado às pessoas que me criticavam por não dizer algo sobre, publicamente no Twitter”, referenciando o assédio bizarro de alguns fãs com o objetivo de todo o elenco de Teen Wolf falou sobre. “Eu visitei ele. Somos amigos, enviei umamensagem e liguei para ele, que é o que fazemos, mas não, ele está bem, ele está bem.” Hoechlin passou a explicar a arrogância que os atores às vezes sentem no set, e como este incidente foi um choque muito desagradável. “Foi definitivamente uma situação assustadora, mas ele está fazendo seu melhor e ele está se recuperando por isso, obrigado por perguntar, e sim, ele vai ficar bem. Uma coisa muito muito assustadora que você lembra, às vezes, quando você está no set você se sente como se você fosse invencível para certas coisas porque é um filme, mas você ainda está fazendo coisas reais e há potencial para coisas assim. Mas ele está bem.

Fonte: Hypable

Tradução e Adaptação: Equipe THBR.

Parece que a nova produção de Richard Linklater está ultrapassando barreiras! “EWS” se tornou agora uma experiência universitária americana dos anos 80. Confira a matéria abaixo:

Apelidado de sequência espiritual de Jovens, Loucos e Rebeldes, o novo clássico de Richard Linklater, Everybody Wants Some!!, leva a audiência de volta para os dias dourados da vida universitária nos anos 80. O SXSW recebeu a estreia mundial na noite de abertura do festival de cinema com uma casa lotada no Paramount Theater em Austin, no Texas. A PopWrapped foi ao tapete vermelho para entrevistar o elenco do filme antes da exibição.

PopWrapped: Parabéns pela estreia mundial! Nós sabemos que o filme se passa em apenas inço dias, mas os filmes do Linklater são conhecidos por ter incríveis trajetórias para os personagens. Vocês poderiam descrever a jornada dos seus personagens no filme?

Tyler Hoechlin: “É uma coisa engraçada. Eu acho que no filme tem alguns personagens que tem, ainda que somente durante cinco dias, tem alguns arcos realmente incríveis que você vê. E não tanto na narrativa, mas nas personalidades. Você meio que os conhece de uma maneira,e depois você vê um lado diferente deles no final do filme. Você sente um pouco do que esses caras realmente são em um período curto de tempo. Nós sempre dizemos que é muito mais voltados aos personagens do que à história, e eu acho que isso é consistente com muitas das coisas do Rick. Tem o arco de “caramba, o que é esse lugar novo” e em 5 dias você tem que estar confortável e então você tem que ficar confortável de algumas maneira porque essa é a sua nova vida e você está entrando nela com tudo. Essa experiência de ir para a faculdade e jogar beisebol… essa é a minha nova família, e você tem que estar nisso muito rápido porque tem muita pressão que vem com esportes na faculdade. Especialmente agora, você tem que se adaptar muito rápido.”

Blake Jenner: “Jake é como o novo cara chegando. Ele é um arremessador do primeiro ano. Ele vem dessa parte da cidade onde tudo é muito diferente. Todas as festas e tudo mais é muito diferente do que ele está acostumado, então você meio que está passando por toda essa experiência pelos olhos dele… bem, o que foi divertido foi que eu não fui para a faculdade. Eu me formei na escola um ano antes, e mudei de Miami e fui para LA para seguir minha carreira de ator, então eu nunca tive um ano de calouro. Então quando eu consegui esse papel, foi meio fácil. Foi meio divertido, sabe, eu parti disso. Eu disse tudo bem, esse é o primeiro final de semana antes da faculdade que eu nunca tive, então eu meio que parti disso e conheci esses caras enquanto estava gravando. Quando nós começamos a gravar, eu estava conhecendo esses caras, então eu coloquei isso no filme.”

Forrest Vickery: “Comigo, com o Billy Johnson, foi logo no começo e você me vê estando muito desconfortável com as situações. Você sabe que a década de 80 foi um tempo muito m,aluco com punk rock e discotecas acabando, bares country, nos quais eu fico muito confortável. Mas eu acho que no final, na festa mais maluca de todas provavelmente, você me vê meio que aceitando um pouco disso. Então é bom. É bom para mim.”

Will Brittain: “Rick escreveu um arco muito bonito para esse personagem aparecer, então para mim, meio que adotei isso e acabei adicionando um pouco de nuance nisso também. Beuter é um calouro, ele é de uma cidade pequena. Ele não está acostumado com a loucura da vida universitária, as festas, a bebedeira. Tudo parece um pouco fora de controle para ele, e eu acho que chegando nisso, ele está um pouco impressionado com toda essa experiência universitária como todos nós estávamos quando entramos na faculdade. Durante tudo isso, ele está apaixonado por sua namorada da sua cidade, mas ele percebe que a vida é um pouco maior que a cidadezinha de onde ele veio e começa a aceitar, como o Forest aqui, que está tudo bem se expandir um pouco e aceitar a sua estranheza interior, como eles dizem.”

PW: O filme se foca num time de beisebol universitário no final de semana antes do início das aulas. O que o beisebol, sendo que é um time de beisebol, adiciona no valor do filme?

TH: “O Rick jogou beisebol, mas também é inerentemente um filme muito americano.”

Glen Powell: “Se você realmente olhar para a experiência de ser um calouro na faculdade, beisebol é provavelmente mais… é o passatempo da América. E eu acho que o Rick é um diretor que conseguiu capturar a experiência americana provavelmente melhor do que ninguém.”

TH: “E é como uma verdadeira experiência americana; não uma experiência americana do tipo ‘Ei, vamos balançar uma bandeira por ai’, mas a verdadeira essência do que significa ser uma calouro nos anos 80.”

GP: “Ele captura isso melhor do que ninguém. Ele é um pedaço de vida que… não tem nada falso sobre o Rick na sua direção; é tudo autenticidade.”

BJ: “Beisebol é para isso provavelmente o que o futebol é hoje. Não é na temporada, então não é realmente um filme sobre futebol, e esse não é um filme realmente sobre beisebol, mas uma espiada nos atletas e o que acontece por trás das câmeras e a mentalidade. Nesse filme, eles são atletas universitários, então eles tem essa arrogância, essa coisa cheia de si que eu estou meio que criticando, rindo sobre, e adotando.”

PW: Os filmes do Rick sempre prende incríveis seguidores. O que vocês acham que os fãs mais vão gostar sobre esse filme?

WB: “Eu acho, sem querer me achar, mas eu acho que eles vão amar os caras nele. Nós temos uma camaradagem tão divertida um com os outros. Parece que você está com os seus melhores amigos e quando você sai do filme, você quer tomar uma cerveja e ligar para os seus amigos da faculdade com quem você não fala faz um tempo.”

FV: “Os personagens diferentes… Eu acho que todo mundo pode se conectar com um personagem do filme. E isso é uma coisa boa sobre ter 12 pessoas nele, 13 com a Zoey, todo mundo se identifica.”

TH: “Eu não queria falar isso, mas me deixem falar isso. Eu sou um grande fã de Jovens, Loucos e Rebeldes. Eu acho que é melhor que Jovens, Loucos e Rebeldes.

GP: “Uau! Ai está! (Rindo) Olha, eu quero que estaja anotado que ele disse isso, não eu!”

TH: “Eu acho que vai ser empolgante. Vai ser divertido; é legal assim como Jovens, Loucos e Rebeldes.”

FONTE: PopWrapped

Tradução e Adaptação: Equipe THBR.

É um pássaro, é um avião, é Tyler Hoechlin! O antigo ator de  Teen Wolf vai atuar como Clark Kent / Superhomem na segunda temporada de Supergirl, que está de mudança para a CW esse outono, confira o que contaram para o E! Online.
“Greg [Berlanti] e eu queríamos trabalhar com Tyler há muito tempo, então, isso deu muito certo, porque Tyler é o Superman”, disse o  produtor executivo de  Supergirl, Andrew Kreisberg, em um comunicado. “Estamos muito emocionados e honrados por adicionar outro ator incrível ao legado deste personagem icônico.”
Na última temporada, quando Supergirl era da CBS, Superman não tinha sido visto, apenas mencionado que conversava online com sua prima Kara (Melissa Benoist). Este ano ele vai aparecer.
Hoechlin, 28, estrelou recentemente “Everybody Wants Some!!” de Richard Linklater e em breve irá aparecer em Stratton. Seus outros créditos incluem Estrada para Perdição, Passe Live e 7th Heaven.
Supergirl, que também tem no elenco Calista Flockhart, Jeremy Jordan e Mehcad Brooks, irá se mudar para The CW este outono, mas irá se manter às segundas-feiras às 20:00, período que ocupou durante sua primeira temporada  na CBS. A série vai agora ser parte da crescente lista de shows de super-heróis que inclui Arrow, The Flash e Legends of Tomorrow da CW. Esperamos um crossover.
No ano passado, Grant Gustin de The Flash, estrelou em Supergirl e ficou claro que os dois estão em diferentes Terras (que os fãs naturalmente sabem que é uma coisa comuns no universo DC Comics).
Hoechlin se junta a uma longa linha de Superhomens de TV, que incluiu Dean Cain, George Reeves e Tom Welling.
Supergirl retorna neste outono na CW.
FONTE: E! Online
TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO: EQUIPE THBR